Medicina Tradicional Chinesa

Quando são aplicados ao reino do corpo, mente e espírito humanos, os Cinco Elementos podem ser um instrumento inestimável para apontar o local onde a Ki/Chi do corpo se desequilibra e por que motivo.
 


 


 

A Ki/Chi tem cinco funções básicas no corpo:
  • Movimento: a Ki origina qualquer forma de actividade, seja física ou mental, voluntária ou involuntária.
  • Protecção: a Ki protege o corpo de influências exteriores, como o frio, o vento, as infecções, etc.
  • Calor: a Ki mantém aquecidos todas as partes do corpo, regulando a temperatura geral e, também, a circulação periférica.
  • Transformação: a Ki transforma os alimentos nos vários constituintes de que precisamos para ter saúde.
  • Retenção: a Ki conserva os órgãos no seu devido lugar, evitando prolapsos, mantendo o sangue nos seus vasos, etc.

As sete emoções principais são: alegria, tristeza, medo, susto, preocupação, obsessão e fúria. Cada uma delas está associada a um meridiano específico. Por exemplo: a alegria afecta o Coração, a fúria afecta o Fígado, o medo afecta os Rins, etc. 
 

PULMÕES:
Função: vitalidade; ingestão da Ki a partir do ar; capacidade de aceitação de novas influências.
Associações físicas: pulmões; nariz; pele.
Desequilíbrios físicos: qualquer problema da respiração ou dos pulmões, incluindo asma, enfisema e tosse, aperto no peito; congestão nasal e disfunções nos seios nasais; quaisquer problemas epidérmicos, eczema, manchas, pele seca.
Associações psicológicas: estabelecer limites; positivismo; expressão de mágoa; sensação de valor pessoal; a visão do ser como indivíduo.
Desequilíbrios psicológicos: isolamento e retraimento; depressão, melancolia; negativismo; falta de auto-estima.
 

INTESTINO GROSSO:
Função: vitalidade; eliminação e excreção.
Associações físicas: intestinos; pele; nariz; seios nasais.
Desequilíbrios físicos: qualquer problema relacionado com o intestino grosso, incluindo prisão de ventre, diarreia, síndroma do intestino irritável, diverticulite; problemas de pele; secreção excessiva de muco e catarro.
Associações psicológicas: ser capaz de "entrega"; fronteiras entre o eu e o exterior.
Desequilíbrios psicológicos: incapacidade de "entrega", demasiada contenção (física e mental); isolamento; rigidez ou negativismo nas ideias e pontos de vista.


ESTÔMAGO:
Função: nutrição; ingestão de comida e outros tipos de alimento (emocional ou social, por exemplo); início da decomposição da comida.
Associações físicas: estômago e passagens digestivas superiores; carne; mastigação; boca e lábios; mecanismo do apetite; seios e ovários; qualquer processo cíclico como o menstrual, o do sono e o do apetite.
Desequilíbrios físicos: todas as disfunções estomacais, incluindo a úlcera duodenal, hérnia do hiato, indigestão, náusea e vómitos; problemas de peso; aftas; perturbação do apetite, alimentação excessiva, anorexia nervosa; mastite e problemas da amamentação; quistos ováricos, fibromas, endometriose, prolapsos; ciclos corporais irregulares.
Associações psicológicas: pensamento, ideias e opiniões; mente e intelecto; sensação de enraizamento e de harmonia com a terra; lar e família; comiseração; bons instintos maternos.
Desequilíbrios psicológicos: pensamento ou estudo excessivo; preocupação, confusão mental, obsessão e "dogmas"; sensação de desenraizamento, instabilidade, ansiedade; sensação de não pertencer a nenhum lugar; autopiedade; atenção voltada para pormenores insignificantes; falta de nutrição.
 

BAÇO-PÂNCREAS:
Função: nutrição; deslocação e transformação da Ki; digestão; ciclos reprodutores.
Associações físicas: secreção de enzimas digestivas e processo digestivo em si; apetite; carne e gordura; ciclo menstrual; controlo do sangue e conservação deste nos seus vasos.
Desequilíbrios físicos: quaisquer problemas digestivos que acarretem secreção insuficiente ou exagerada de enzimas digestivas, incluindo diabetes e hipoglicemia; alimentação excessiva ou falta de apetite; problemas de peso; períodos menstruais irregulares, dolorosos ou abundantes, ausência de períodos; anemia e hemorragias.
Associações psicológicas: como as do Estômago.
Desequilíbrios psicológicos: como os do Estômago.
 

CORAÇÃO:
Função: conhecimento; centro emocional por meio do qual se interpreta o ambiente; circulação sanguínea.
Associações físicas: órgão do coração; sistema nervoso central; língua e fala; transpiração.
Desequilíbrios físicos: doenças cardíacas e transtornos circulatórios (note-se que isto é habitualmente mais do foro do Governador do Coração, mas está também presente no Coração); palpitações; problemas da fala, incluindo gaguez; transpiração excessiva (muitas vezes nocturna).
Associações psicológicas: o Coração abriga o Shen, que é espírito e mente, e caracteriza o ser humano como tal; consciência humana, conhecimento, compaixão; emoções e estabilidade emocional; alegria, riso; capacidade de auto-expressão, comunicação; sono; memória a longo prazo.
Desequilíbrios psicológicos: falta de compaixão e empatia, transtornos da personalidade, inquietação mental; instabilidade emocional, falta de emoção, reacção emocional inadequada; histeria; problemas da fala e incapacidade de comunicação; insónias, sono perturbado por sonhos; transtornos da memória.
 

INTESTINO DELGADO:
Função: assimilação; absorção de nutrientes para o sangue; separação do que é útil ao corpo/mente do que não o é (conhecido classicamente como "separar o puro do impuro").
Associações físicas: intestino delgado, passagem física dos nutrientes do aparelho digestivo para a circulação sanguínea, através das paredes celulares.
Desequilíbrios físicos: má absorção de nutrientes, gases intestinais, dores abdominais, anemia.
Associações psicológicas: clareza de raciocínio (capacidade de separação das coisas); gestão da ansiedade mental, excitação emocional e choque; determinação.
Desequilíbrios psicológicos: incapacidade para tomar decisões, raciocínio nebuloso; reacção inadequada ao choque.
 

BEXIGA:
Função: purificação; armazenamento e excreção da urina.
Associações físicas: aparelho urinário; metabolismo da água; ossos e dentes; cabelo; ouvidos; coluna vertebral; sistema nervoso autónomo.
Desequilíbrios físicos: quaisquer problemas urinários, incluindo incontinência, retenção da urina, próstata dilatada; doenças ósseas, incluindo osteoporose e certas formas de artrite; maus dentes; calvície ou cabelos grisalhos prematuramente; problemas de ouvidos e vertigens; dores ou fraqueza na parte inferior das costas; hiperactividade da faceta simpática ou parassimpática do sistema nervoso autónomo, tendo como consequência reacção inadequada ao stresse, incapacidade de descontracção, "molenguice" exagerada.
Associações psicológicas: flexibilidade; coragem.
Desequilíbrios psicológicos: inquietação; medo e timidez, negligência.
 

RINS:
Função: ímpeto; força de vontade e progresso na vida; orientador da reprodução e actividade sexual; abriga a Jing.
Associações físicas: os rins; o sistema endócrino, hormonas, sistema reprodutivo, actividade sexual; potencial global e ritmo de vida; nível geral de energia para a acção; metabolismo da água; ouvidos; ossos e dentes; parte inferior das costas; herança genética.
Desequilíbrios físicos: quaisquer disfunções nos rins; perturbações hormonais e endócrinas, todos os problemas reprodutores e sexuais; irregularidades no desenvolvimento físico normal, como crescimento, princípio da puberdade, envelhecimento prematuro; cansaço crónico, exaustão; retenção de líquidos e problemas no metabolismo da água; transtornos de audição e equilíbrio, tendência para tropeçar, propensão para acidentes; ossos e dentes fracos; debilidade, frialdade ou dores na parte inferior das costas; doenças congénitas e hereditárias.
Associações psicológicas: força de vontade, capacidade para progredir na vida; Ki ancestral, herança genética, coragem; fluência de emoções; memória imediata.
Desequilíbrios psicológicos: falta de determinação e capacidade para progredir na vida; estados psicológicos herdados; medo e fobias; inquietação e impaciência; esquecimento.
 

PERICÁRDIO
Função: circulação; protecção do coração; gestão do aparelho circulatório.
Associações físicas: o órgão do coração; artérias, veias; pressão arterial.
Desequilíbrios físicos: doenças cardíacas; transtornos circulatórios, incluindo endurecimento das artérias, veias varicosas, má circulação; problemas da pressão arterial; aperto no peito, angina, palpitações.
Associações psicológicas: protecção das emoções e do Shen; relações sociais; sono e sonhos.
Desequilíbrios psicológicos: indivíduo superprotector ou superprotegido, vulnerabilidade emocional; nervosismo em ocasiões sociais; insónias, sono excessivo ou perturbado.

 
TRIPLO AQUECEDOR
Função: protecção; harmonização das funções generalizadas dos Termóforos Superior, Médio e Inferior; termostato do corpo; protecção da imunidade corporal por meio do sistema linfático, controlo da abertura das vias para fluídos.
Associações físicas: o Termóforo Superior regula a circulação e respiração do Coração e Pulmões, o Termóforo Médio trata da digestão e transporte feitos no Estômago e Baço, o Termóforo Inferior inclui os Rins, Bexiga, Fígado, Intestino Delgado e Grosso, responsáveis pela separação dos fluídos e alimentos limpos e utilizáveis dos impuros, que são excretados; regulação da temperatura corporal; sistema linfático, sistema imunitário.
Desequilíbrios físicos: falta de harmonia entre os três Termóforos e suas funções inter-relacionadas; má regulação do calor, circulação deficiente, frio ou calor excessivos e generalizados; problemas linfáticos, retenção de fluídos e toxinas; transtornos do sistema imunitário, alergias, falta de resistência a infecções ou doenças.
Associações psicológicas: interacção social; protecção emocional.
Desequilíbrios psicológicos: falta de entusiasmo na esfera social; indivíduo superprotetor ou superprotegido.
 

VESÍCULA BILIAR:
Função: armazenamento e distribuição; armazenamento e secreção de bílis; gere uma movimentação corporal suave; controlo do raciocínio.
Associações físicas: vesícula biliar; flancos do corpo; articulações, músculos e tendões; digestão das gorduras; olhos.
Desequilíbrios físicos: cálculos e transtornos da vesícula biliar; rigidez de movimentos, falta de flexibilidade física, certas formas de artrite; falta de bilis, temperamento bilioso, indigestões, má digestão das gorduras; quaisquer problemas dos olhos, falta de vista ao perto e ao longe; rigidez no pescoço e ombros, enxaquecas; cansaço por excesso de trabalho.
Associações psicológicas: tomada de decisões; criatividade e iniciativa; trabalho esforçado, tenacidade, responsabilidade; bom humor, fúria, irritabilidade.
Desequilíbrios psicológicos: indecisão; incapacidade para passar do planeamento à acção, falta de criatividade; tendência para trabalhar até à exaustão, atenção aos pormenores, aceitação de responsabilidades a mais; frustração, amargura, impaciência, irritação constante.
 

FÍGADO:
Função: controlo; controlo da desintoxicação, do armazenamento e da distribuição; movimentação corporal fácil; harmonização das emoções; planeamento.
Associações físicas: fígado; armazenamento de sangue; desintoxicação do sangue; energia e metabolismo do açúcar no sangue; músculos, tendões, ligamentos; olhos.
Desequilíbrios físicos: icterícia, cirrose; qualquer problema do fígado; período menstrual escasso ou excessivo: dificuldades na desintoxicação, enxaquecas, temperamento bilioso, gota; cansaço, energia estagnada; dores e rigidez muscular, problemas nas articulações, tendões e ligamentos, artrite; qualquer transtorno nos olhos.
Associações psicológicas: controlo; planeamento, prudência; emoções harmoniosas; bom humor, fúria; grande capacidade de trabalho.
Desequilíbrios psicológicos: autodomínio excessivo, ou sensação de ter perdido o controlo, trabalho excessivo; planeamento exagerado, ideias inflexíveis, sem se ver claramente como proceder; emoções suprimidas, frustração, repressão; gritos, "birras"; falta de determinação ou incapacidade de desistir.
Para além dos doze meridianos bilaterais, temos os dois canais centrais, o Vaso Governante e o Vaso Concepcional.
 

VASO GOVERNANTE:
Função: influência em todos os meridianos corporais Yang, com possibilidades de ser usado para aumentar as forças Yang.
Associações: coluna vertebral; cérebro; facetas Yang do meridiano dos Rins.
Desequilíbrios: dores nas costas; problemas nervosos, tremuras, epilepsia; falta de vitalidade, transtornos sexuais; trabalhar no Vaso Governante pode ter como efeito levantar o moral e tornar as ideias claras.


VASO CONCEPCIONAL:
Função: influência em todos os meridianos corporais Yin; sistema reprodutor.
Associações: abdómen, peito, pulmões, garganta e rosto; fecundidade, parto, menopausa.
Desequilíbrios: quaisquer problemas de reprodução, fibromas, tumores, hérnias, frieza, fraqueza, falta de força de vontade.
 

Para as rubricas atrás desenvolvidas, há vários sintomas de desequilíbrio muito vulgares que não incluímos, tais como dores de cabeça, dores nas costas e ansiedade; e não o fizemos porque estes podem ter por origem qualquer dos meridianos, dependendo da causa e localização.
Por conseguinte, classificaríamos, por exemplo, uma dor forte no lado direito da cabeça como sendo causada, mais provavelmente, por um desequilíbrio da Vesícula Biliar, e tratá-la-íamos de uma forma completamente diferente de uma dor de cabeça na fronte, surda, tipo "não sei se é bem aqui", capaz de ter por origem um desequilíbrio do Baço ou Estômago. O mesmo se poderia dizer das dores nas costas e da ansiedade; identificar o local da perturbação forneceria linhas de orientação quanto ao meridiano desequilibrado.


SOLUÇÕES PLUS - Build Your Health