Psicologia Positiva e Quantic Mindset

Antes de qualquer reflexão sobre esta temática, urge deixar bem claro que esta corrente da psicologia nada tem a ver com os tão badalados “manuais de auto ajuda” ou com outras posições menos científicas sobre o objeto de estudo. Sermos abertos a uma abordagem positivista da avaliação e intervenção psicológica, é organizar a abordagem às temáticas que ocupam o quotidiano, promovendo a significação de todas as competências e factores que contribuem para a qualidade de vida e bem-estar, promovendo a felicidade e uma perspectiva optimista, desenvolvendo competências de resiliência, que no limite permitem o confronto com as adversidades, tentando delas tirar o contributo para o crescimento pessoal.
 
Um dos temas centrais, e como já ficou referido, é a centralidade nos aspectos positivos de cada um, enfatizando as forças e as virtudes do carácter (capacidades pessoais pré-existentes), de forma a que nos possamos sentir vitalizados, desenvolvendo uma maior fluidez e performance naquilo que fazemos.
 
Seligman e Col., ao apresentarem esta forma de abordagem, contrapõem àquilo que era até então a questão dominante, e que se traduzia no DSM IV, que como sabemos cataloga as doenças mentais, tendo então descoberto que as forças e virtudes pessoais são universais, tendo o resultado deste trabalho sido a apresentação de uma lista de 24 forças pessoais, agrupadas em 6 virtudes principais.

 

Sabedoria e Conhecimento
(Qualidades cognitivas que envolvem a aquisição e uso do conhecimento)

  • Criatividade
  • Descobridor
  • Mente aberta
  • Amor à aprendizagem
  • Perspectiva
     

Forças de coragem
(Força emocional que envolve a determinação de encarar propósitos e objectivos, independentemente dos obstáculos e oposições internas e externas)

  • Coragem, bravura e valor
  • Perseverança
  • Integridade
  • Entusiasmo
     

Forças humanitárias
(Forças pessoais que envolvem os relacionamentos humanos)

  • Amor
  • Generosidade
  • Inteligência social
     

Justiça
(Forças ou virtudes cívicas que garantem uma vida saudável em comunidade)

  • Cidadania
  • Igualdade
  • Liderança
     

Transcendência
(Virtudes pessoais que contribuem para o sentido da vida)

  • Apreciação da beleza e excelência
  • Gratidão
  • Optimismo
  • Humor
  • Espiritualidade
     

Virtudes que nos protegem dos excessos

  • Perdoar
  • Humildade
  • Prudência
  • Auto-controlo
     

Desenvolvemos um processo totalmente focado e adaptado aos objetivos e metas de cada cliente.

Os objectivos são então:

  • Identificar e desenvolver uma linguagem das forças e virtudes pessoais.
  • Facilitar a descoberta das forças que são específicas de cada um, e como utilizá-las para o seu aperfeiçoamento e realização.
  • Actualizar as suas competências e forças e integrá-las efetivamente no seu dia-a-dia.